domingo, 27 de julho de 2014

Roda Gigante


Divertida e instável essa brincadeira. Um segundo é suficiente: embaixo, noutro no alto, e sorri, e chora, e sente medo, e sente coragem, e grita, e... Ela para de rodar, a brincadeira acaba, a vida se despede. Um suspiro.

♥ Milena De Andrade ♥